VACINAS

 

Conservação, dose e via de administração

 

Conservação: Devem ser conservadas permanentemente sob refrigeração, entre 2ºC e 8ºC.

Doses e vias de administração: A dose destas vacinas depende do laboratório produtor. Em geral, a dose indicada para esquemas de pré ou pós-exposição, para uso pela via intramuscular, é 0,5 ml (PVCV) ou 1,0 ml (HDCV, PCEV, PDEV).

Quando utilizadas em esquemas de pré-exposição, as vacinas HDCV, PVCV e PCEV (mas não a PDEV) também podem ser administradas pela via intradérmica (ver item 8.1.2), na dose de 0,1 ml. Esta opção foi porque representa uma economia considerável, tendo sido aprovada pelo Comitê de Peritos em Raiva da OMS.

O frasco aberto deve ser utilizado no máximo em 8 horas. As doses não utilizadas nesse período devem ser desprezadas, por isso é aconselhável o agendamento das pessoas que devem receber o esquema pré-exposição pela via ID.

Alguns países também testaram e aprovaram o uso da via intradérmica para tratamentos pós-exposição. Porém, até o momento, não existe consenso sobre este assunto. O comitê de Peritos em Raiva da OMS não recomenda o uso generalizado de esquemas que utilizam a via ID para o tratamento pós-exposição por considerar que ainda são necessários novos estudos para definir este ponto.